PT

Ilhas Ryūkyū

As Ilhas Ryukyu (琉球諸島 Ryūkyū-shotō), também conhecidas como Ilhas Nansei (南西諸島 Nansei-shotō, lit. “Ilhas do Sudoeste”) ou Ilhas Léquias em português, são uma cadeia de ilhas japonesas que se estendem a sudoeste de Kyushu até Taiwan: as Ilhas Ōsumi, Tokara, Amami, Okinawa e Sakishima (divididas em Miyako e Yaeyama), com Yonaguni no extremo oeste. As maiores são geralmente ilhas elevadas e as menores são normalmente de coral. A maior é a ilha de Okinawa.

Esta página cita fontes, mas estas não cobrem todo o conteúdo. (Junho de 2020)

Ilhas Ryukyu

Localização das Ilhas Ryukyu
Coordenadas: 32° 42′ N17° O
Geografia física
País  Japão
Localização Entre o Mar da China Oriental e o Mar das Filipinas
Arquipélago Ryukyu
Área 4642,11 km² km²
Geografia humana
População 1550161 (2005)
Densidade 333.93 /km2 hab./km²
Etnias RyukyuanosJaponeses
Línguas Principais: japonêsLínguas ryukyuanas
Principal povoação Naha

O clima das ilhas varia de subtropical úmido (classificação Köppen Cfa) no norte a equatorial (classificação Köppen Af) no sul. A precipitação é muito alta e é afetada pela estação das chuvas e tufões. Exceto pelas ilhas periféricas de Daitō, a cadeia de ilhas tem duas grandes fronteiras geológicas, o estreito de Tokara (entre as ilhas Tokara e Amami) e o estreito de Miyako (entre as ilhas Okinawa e Miyako). As ilhas além do estreito de Tokara são caracterizadas por seus recifes de coral.

As ilhas Ōsumi e Tokara, as mais setentrionais das ilhas, se enquadram na esfera cultural da região de Kyushu do Japão; o povo é etnicamente japonês e falam uma variação do dialeto de Kagoshima. As Ilhas Amami, Okinawa, Miyako e Yaeyama são habitadas por uma população nativa chamada coletivamente de povo ryukyuano, referindo-se ao antigo Reino de Ryukyu que os governava. As diversas línguas ryukyuanas são tradicionalmente faladas nessas ilhas, e as principais ilhas têm seus próprios idiomas distintos. Nos tempos modernos, o idioma japonês é o principal das ilhas, com o dialeto de Okinawa sendo falado predominantemente. As ilhas Daitō periféricas eram desabitadas até o período Meiji, quando seu desenvolvimento foi iniciado principalmente por pessoas das ilhas Izu do sul de Tóquio, com as pessoas falando a língua Hachijō.

Administrativamente, as ilhas são divididas entre as prefeituras de Kagoshima (especificamente as ilhas administradas pelo distrito de Kagoshima, subprefeitura/distrito de Kumage e subprefeitura/distrito de Ōshima) no norte e prefeitura de Okinawa no sul, com a divisão entre as ilhas Amami e Okinawa, com as ilhas Daitō sendo parte da prefeitura de Okinawa. As ilhas do norte (Kagoshima) são coletivamente chamadas de “Ilhas Satsunan”, enquanto a parte sul da cadeia (Prefeitura de Okinawa) é chamada de Ilhas Ryukyu

. . . Ilhas Ryūkyū . . .

O pôr do sol no Japão é visto por último em Yonaguni.

As ilhas Ryukyu são comumente divididas em dois ou três grupos principais:

  • Administrativamente, com o grupo Ryukyu do norte composto pelas ilhas da prefeitura de Kagoshima (conhecidas em japonês como “Ilhas Satsunan”) e o grupo Ryukyu do sul composto pelas ilhas da prefeitura de Okinawa (conhecidas em japonês como as “Ilhas Ryukyu”),
  • Geologicamente, com as ilhas ao norte do Estreito de Tokara (Ōsumi e Tokara) sendo parte do grupo Ryukyu do norte, aquelas entre o Estreito de Tokara e o Estreito de Miyako (Amami e Okinawa) sendo parte do grupo Ryukyu centra e as sul do Estreito de Miyako (Miyako e Yaeyama) compondo o grupo Ryukyu do sul.

A seguir estão os agrupamentos e nomes usados pelo Departamento Hidrográfico e Oceanográfico da Guarda Costeira do Japão.[1] As ilhas são listadas de norte a sul, sempre que possível.

  • Ilhas Nansei (南西諸島 Nansei-shotō)
    • Ilhas Satsunan (薩南諸島 Satsunan-shotō)
      • Ilhas Ōsumi (大隅諸島 Ōsumi-shotō) com:
        • Tanegashima, Yakushima, Kuchinoerabu e Mageshima no Grupo Nordeste.
        • Takeshima, Iōjima e Kuroshima no Grupo Noroeste.
      • Ilhas Tokara (吐噶喇列島 Tokara-rettō): Kuchinoshima, Nakanoshima, Gajajima, Suwanosejima, Akusekijima, Tairajima, Kodakarajima, Takarajima
      • Ilhas Amami (奄美群島 Amami-guntō): Amami Ōshima, Kikaijima, Kakeromajima, Yoroshima, Ukeshima, Tokunoshima, Okinoerabujima, Yoronjima
    • Ilhas Ryukyu (琉球諸島 Ryūkyū-shotō)
      • Ilhas Okinawa (沖縄諸島 Okinawa-shotō): Ilha de Okinawa, Kume, Iheya, Izena, Aguni, Iejima, Iwo Tori Shima (Iōtorishima)[2]
        • Ilhas Kerama ((慶良間諸島 Kerama-shotō): Tokashiki, Zamami, Aka, Geruma
      • Ilhas Sakishima (先島諸島 Sakishima-shotō)
        • Ilhas Miyako (宮古列島 Miyako-rettō): Miyakojima, Ikema, Ōgami, Irabu, Shimoji, Kurima-jima, Minna, Tarama
        • Ilhas Yaeyama (八重山列島 Yaeyama-rettō): Iriomote, Ishigaki, Taketomi, Kohama, Kuroshima, Aragusuku, Hatoma, Yubujima, Hateruma, Yonaguni
        • Ilhas Senkaku (尖閣諸島 Senkaku-shotō, reivindicadas pela China e por Taiwan): Uotsurijima, Kuba Jima, Taisho Jima, Kita Kojima, Minami Kojima
      • Ilhas Daitō (諸島 東 it Daitō-shotō): Kita Daitō, Minami Daitō, Oki Daitō

A Autoridade de Informações Geoespaciais do Japão, outra organização governamental responsável pela padronização dos nomes de lugares, discorda da Guarda Costeira do Japão sobre alguns nomes e sua extensão, mas ambos estão trabalhando na padronização.[3] Foi concordado em 15 de fevereiro de 2010 o uso de Amami-guntō (奄美群島) para as Ilhas Amami; antes disso, Amami-shotō (奄美諸島) também havia sido usado.[4]

. . . Ilhas Ryūkyū . . .

Este artigo foi publicado a partir do site Wikipedia. O artigo original pode ser um pouco reduzido ou modificado. Alguns links podem ter sido modificados. O texto está licenciado sob “Creative Commons – Atribuição – Compartilhamento” [1] e parte do texto também pode ser licenciado sob os termos da “GNU Free Documentation License” [2]. Termos adicionais podem ser aplicados aos arquivos de mídia. Ao usar este site, você concorda com nossas páginas jurídicas. Links da Web: [1] [2]

. . . Ilhas Ryūkyū . . .

Back To Top